Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

O Cofre

Como-Fazer-um-Cofre-Abrir-300x300.jpg

 

Contaram-me que o dia era daqueles dias cheios de sol. A claridade incidia sobre o negro do pavimento e nas pedras da calçada, outrora colocadas por quem conhece o ofício. Contaram-me que o céu, nesse dia, estava de um azul intenso, tão intenso que parecia ter sido pincelado por um qualquer pintor cioso do seu trabalho. Contaram-me que as casas foram todas cuidadosamente caiadas de branco, os jardins primorosamente arranjados, as flores pareciam saber que algo se passava porque desabrocharam nesse dia como se, também elas, tivessem recebido convite para comparecerem à festa. 

 

O vento agreste, constante por essas bandas, transformou-se em aragem. O frio que se fazia sentir nesta época do ano desapareceu como que por milagre e deu lugar a um dia ameno. Ao cheiro a calor, a jardins cuidados, a flores despertas, juntava-se também o odor a comida, onde as sobremesas se misturam com o prato principal e onde isso não faz qualquer diferença, a não ser aos mais gulosos. 

 

Contaram-me, mas eu também me lembro, que ao fundo conseguiam ouvir-se os murmúrios de quem fazia os últimos preparativos para que nada faltasse e nada corresse mal. Lembro-me, especialmente de espreitar pela janela do meu quarto e pensar que não se via ninguém. Lembro-me de me ter questionado se o mundo ia acabar porque era assim que me tinham contado que ia ser. Que um dia as pessoas iam desaparecer uma a uma, que em vez de vozes passaria a existir silêncio e que quando menos déssemos por isso o mundo transformar-se-ia num local onde imperavam as coisas e deixavam de existir as pessoas. Contaram-me e, com a idade de 6 anos, eu acreditava no que me contavam.

 

Enquanto era vestido pela minha mãe, ela, perante a minha insistência, foi-me explicando o que iria acontecer. Explicou-me que era dia de S. Nunca. Contou-me que era um dia único e que só daí a muitos, muitos anos é que voltaria a acontecer. Contou-me que os que passassem por esse dia iriam ser pessoas de sorte para vida e com via plena. Contou-me também que hoje tudo era permitido. Que hoje era o dia. Aquele onde tudo pode ser pensado, ser pedido e ser sonhado. 

 

Lembro-me dos habitantes da aldeia se terem reunido na praça principal. Estavam lá todos os que viviam na minha aldeia. A Dona Balbina da padaria, com o seu cabelo louro cor de sol, tão armado que ela parecia ter crescido uns centímetros. O Senhor Manuel da Mercearia, com a sua camisa aos quadrados e o seu bigode que se via ter sido aparado. A Maria da taberna, sempre com as suas roupas vistosas e o decote generoso. O senhor João dos Camiões, com aquele ar sempre distante e meio altivo. Agora que penso nisso, lembro-me particularmente da Dona Georgina, a velha alcoviteira, sempre vestida de preto, cabelo branco preso em carrapito, com a sua carteira debaixo do braço. O que não esqueço é aquele olhar mortal, de ódio a tudo e a todos.

 

Desculpem, perdi-me em imagens de infância quando o que queria era contar-vos efectivamente o que aconteceu. Dizia eu que nos reunimos todos na praça principal. A praça estava toda engalanada com bandeiras, flores, luzes e outro sem número de decorações que eu nem me atrevo a descrever, tal era o mau gosto da coisa. Ao fundo estavam as mesas postas com toalhas brancas, flores de plástico a decorar e louça trazida de casa de uns e outros. No centro da praça encontrava-se o Doutor, o nosso médico, veterinário e também muito ilustre Presidente da Junta de Freguesia. Fora ele que tomara a iniciativa, fora ele que nos convocara e fora ele que tomara a decisão. Perto dele encontrava-se o famoso cofre de S. Nunca. 

 

E o que é o cofre do S. Nunca, devem-se estar a perguntar todos vocês. E porquê todo este aparato? E porque está uma aldeia toda reunida à volta de um cofre? Ora eu passo a explicar. Conta a lenda que o Dia de S. Nunca só aparece quando o S. Nunca assim o deseja. Reza a história que nesse dia todos os desejos, sonhos, vontades e planos devem ser cuidadosamente colocados nesse cofre para que possam ser realizados. Diz-se também que nesses dias se deve festejar como Nunca se festejou, comer como Nunca se comeu, viver como Nunca se viveu, e ser como Nunca se foi.

 

Naquele dia de S. Nunca à tarde, todos os habitantes colocaram, um a um, os seus pensamentos naquele cofre místico. Depois, seguindo a lenda, comeram até não caber mais nada, cantaram até lhes faltar a voz, dançaram até cair para o lado, abriram corações, choraram-se magoas, abraçaram-se inimigos, confessaram-se segredos inconfessáveis, sempre como se não existisse amanhã.  

 

Os habitantes nunca mais foram os mesmos, a aldeia transformou-se da noite para o dia e o dia de S. Nunca foi e será sempre o dia em que tudo foi permitido. Existiram coisas de que me lembro e existem coisas que me contaram. O tempo fez-me perder a exactidão do momento, o sentir da situação e a importância de ter estado ali e ter vivido o que vivi.

 

Voltei há uns dias para a aldeia. Voltei para a aldeia para beber dos sonhos e das vontades que percebi ter perdido enquanto crescia. E enquanto caminhava pelas ruas e os dias foram passando, percebi que o dia de S. Nunca é já recordado por poucos, até porque o cofre desapareceu de forma misteriosa. Um dia estava lá e no outro não estava. Com ele desapareceram desejos e vontades, virtudes e defeitos, amores e desamores, sonhos e realidades, autenticidades e vulnerabilidades. Com ele desapareceram os seres, os quereres, os sorrisos ….

 

E Tu ? Tens cuidado do teu cofre?

Felicidade Imposta ou Felicidade Sentida?

images 1.jpg

 

Confesso! Eu confesso que existem aqueles dias em que tenho a sensação que o mundo enlouqueceu e que nos estamos a tornar autómatos desprovidos de sensações, sentimentos e emoções. Trabalhando com a mente conheço a capacidade que todos temos de fazer diferente e fazer melhor. Também sei que posso, facilmente,  alterar o meu estado emocional e todo o meu estar. Mas será que o devo fazer sempre? Será que tenho o direito de impor ao meu ser aquilo que não estou a sentir?

 

Acredito que vivenciar as emoções é importante. Acredito que permitirmo-nos sentir raiva, ódio, amor, tristeza, dor e frustração é permitirmo-nos viver. Acredito que chorar nunca fez mal a ninguém e que aprender a secar as lágrimas faz parte de um processo todo ele de aprendizagem. Impormos a nós mesmos uma felicidade que não sentimos é no mínimo violento. 

 

Mais do que impor é necessário sentir, apenas sentir!

 

Estuda-te, conhece-te e aprende-te. 

 

Formações em Formato E-Learning

As formações em formato e-learning são feitas em parceria com o portal Webstudy

 

Life-Coaching

Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos definidos para o curso que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O Certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota do curso na pauta de avaliação final.

 

Coaching Parental

Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos definidos para o curso que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O Certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota do curso na pauta de avaliação final.

 

Coaching na educação

Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos definidos para o curso que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O Certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota do curso na pauta de avaliação final.

 

Pós-Graduação em Coaching

Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos definidos para a pós-graduação que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O Certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota da pós-graduação na pauta de avaliação final.

Este certificado é válido para a obtenção de créditos (ECTS), na candidatura a um Mestrado ou Doutoramento, ao abrigo do Tratado de Bolonha (artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho).

 

Coaching + 50

Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos definidos para o curso que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O Certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota do curso na pauta de avaliação final.

 

Coaching + PNL

Todos os formandos que atingirem os objetivos pedagógicos definidos para o curso que frequentaram, obterão um Certificado de Formação Profissional que será emitido através da Plataforma SIGO (GEPE – Ministério da Educação), tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho. O Certificado será, posteriormente, enviado pelos CTT – Correios de Portugal, num prazo máximo de 30 dias úteis, após lançamento da nota do curso na pauta de avaliação final.

 

Retiros de Envolvimento Pessoal - Des"envolve-te"

1.png

 Este retiro tem como objectivo principal o envolvimento connosco e com os outros. Perceber quem somos e quem queremos ser é uma oportunidade para desenvolvermos mais calma, serenidade, sensibilidade e clareza de forma a viver um dia a dia de sonho.

 

A próxima edição será em Setembro.

 

Programa:

 

11 de Setembro de 2015

20.00-23.00

Acolhimento e Envolvimento

 

12 de Setembro de 2015

10.00-18.00

Quem sou e Quem Quero ser

 

13 de Setembro de 2015

10.00-16.00

O que vou fazer para lá chegar

 

Valores:

50€ inscrição

350€ Para inscrições feitas até 1 de Agosto;

400€ para inscrições fetas até 6 de Setembro

 

Local:

A confirmar - zona de Leiria, Fátima

 

O programa detalhado será enviado durante o mês de Agosto aos inscritos e as actividades decorrerão em sala fechada e ar libre.

Existe a possibilidade do pagamento ser feito de forma parcelada eos preços incluem estadia e alimentação.

 

Mais informações: martaleal@outlook.pt

 

Quando o amor (des)acontece!

ruptura-amorosa-capa.jpg

 

Olhamos uma primeira vez e o coração dispara, as mãos suam e a racionalidade desaparece como por magia das nossas mentes. O tempo que antecede os encontros ou a possibilidade de nos encontrarmos é preenchido com suspiros e uma ansiedade extrema. Tudo em nós é desajeitado tudo no outro é perfeito. Achamos graça ao nariz grande, o andar desengonçado ou á forma como se maquilha. Ignoramos o sapato que, embora fora de moda, tem tudo a ver com ele/ela ou aquele som ruidoso que faz quando se assoa. Mas estamos apaixonados e quando isso acontece tudo no outro é perfeito, tudo no outro é natural.

 

As imperfeições não existem e o todo é muito mais que tudo o que sonhamos. A maioria das vezes desculpam-se atitudes, palavras e situações em nome de um bem maior - a nossa relação. Desculpamo-nos a eles e a nós e o tempo passa, passa demasiado rápido. Quando damos por isso implicamos com aquilo que nos conquistou seja o modo de estar, de ser ou de querer. Implicamos, acusamos, caluniamos, enganamos, achamos que somos donos do outro e esquecemo-nos de sermos donos de nós próprios.

 

E um dia sem que nada o indique percebemos que o amor acabou e não conseguimos encontrar uma explicação. Procuram-se as mais variadas razões, observamos a microscópio todos os momentos que podem estar na origem desse acontecimento, viramos todas as situações do avesso e esquecemo-nos de aceitar a única verdade, por vezes o amor morre. 

 

Raros são os casos em que ambos aceitam a situação e se afastam sem qualquer manifestação de raiva, ódio ou mesmo desejo de vingança. Na maioria dos caso um abandona e o outro sente-se abandonado. E, atenção, que quando falo de abandono refiro-me ao abandono da relação. Normalmente quem abandona a relação segue em frente enquanto o outro tem mais dificuldade em fazê-lo.

 

A maior parte das pessoas que me procura quer recomeçar uma vida porque terminou um relacionamento. Tem dificuldade em desapegar-se do que teve, julga, culpa, pergunta-se onde errou e não percebe que é exactamente isso que o/a impede de caminhar. Ficamos presos ao outro quando nos deviamos focar em nós. Agarramo-nos ao outro quando nos deviamos agarrar a nós: a quem somos e a quem queremos ser. E, quando tomamos consciência passaram anos, muitos anos e, nós impedimo-nos de viver, de amar, de crescer e de sermos felizes! 

 

Mais do que amar o outro sabias que é importante amares-te a ti?

Aprende a Viver com Motivação

Aconselhamento_psicologico.png

 

 
 
 
Este trabalho oferece-te apoio, ferramentas objectivas e conselhos para facilitar o teu desenvolvimento pessoal. Ter alguém que te ajude pode ser um dos relacionamentos mais poderosos podendo ser uma das razões para que te sintas bem e encontres o teu caminho. Alguns Benefícios deste tipo de aconselhamento: Conselho: Ajuda-te a tomar uma decisão ou a seguir um caminho de forma serena e imparcial. Por muito que amigos e familiares te queiram ajudar existem sempre muitas emoções associadas á vossa relação. Perspectiva: Ao fazeres estas consultas posso ajudar-te a olhares para a tua vida com outros olhos e outra vontade. Melhorar as Competências: Ao trabalharmos a tua confiança e a tua auto-estima vais sentir-te mais apt@ e mais confiante a seres quem queres ser, fazer o que queres fazer e ter o que queres ter. Desabafo: Viver parece tarefa simples e a verdade é que não é fácil. Teres alguém com quem possas partilhar, conversar, desabar e quem sabe chorar é meio caminho andado para que te sintas mais leve e pronto para outra. Networking: Nos nossos dias é importante teres uma rede de contacto. Em caso de necessidade posso ligar-te a outros que estejam á tua procura ou de quem necessites. O mundo em rede é muito mais eficaz. Métodos e Estratégias: Vou poder passar-te ferramentas que te ajudam a tornar o teu dia-a-dia mais leve, mais rentável e mais feliz. Confiança: Sabendo que tens alguém com quem contar dá-te a confiança para enfrentares situações de vidas difíceis. Esta confiança vai ajudar-te a defenderes os teus ideais e/ou a seres firme nas tuas decisões Encorajamento: O encorajamento diário é o que te vai inspirar e motivar a seguires em frente com a certeza de que estás no teu caminho.
 
Dia 23 de Maio tens a hipotese de conheceres o processo de forma gratuita.Faz a tua marcação!
 
 

 

 

Dar um novo significado ao passado!

images (11).jpg

 

 

 

Se já começaste a namorar depois do teu divórcio/separação é importante que tenhas atenção aos seguintes aspectos:

 

  • Sentes-te preparad@ para uma relação ou sentes-te sozinh@?
  • Sentes-te em paz contigo ou procuras satisfação exterior?
  • Gostas de ti ou procuras alguém que o faça por ti?
  • Imaginas-te sozinh@ ou não consegues estar sozinh@
  • Consegues confiar na nova pessoa ou tens tendência para @ comparares ao ex?
  • Consegues olhar para a nova relação como algo novo ou estás com medo que não resulte?

Queres que resulte? Então dá um novo significado ao teu passado e investe num futuro sereno e calmo.

 

Começa de novo, começa realmente de novo!

 

Sessão Grátis de Coaching/Mentoring

387104_309869832443974_2039261719_n.jpg

 

Escreve uma frase sobre o que entendes que seja o coaching ou o mentoring e candidata-te a uma sessão  por skype grátis

As sessões têm a duração de uma hora. O não comparecer à sessão marcada implica a anulação da oferta.

Mais informações contacta-me: (martaleal@outlook.pt)

 

Experimenta! agora já só depende de ti.

Coaching e Mentoring

Sessões de Coaching (12).png

 

 O que é?

 

“Coaching é um processo de desenvolvimento humano, pautado em diversas ciências como: Psicologia, Sociologia, Neurociências, Programação Neurolinguística, e que usa de técnicas da Administração de Empresas, Gestão de Pessoas e do universo dos esportes para apoiar pessoas e empresas no alcance de metas, no desenvolvimento acelerado e, em sua evolução contínua.”

(Instituto Brasileiro de Coaching)

 

Como Funciona?

 

O responsável por conduzir um processo de coaching é o o coach. Um coach apoia, desafia e ajuda através de perguntas e, caso necessário, outras técnicas o seu cliente a sair de onde está e chegar aonde quer chegar, ou seja, o coach ajuda o cliente  a ir do ponto  A para o ponto B.

 

O Cliente é conduzido através de sessões que podem ser semanais, quinzenais e/ou mensais. Em cada sessão o coach apresenta tarefas, definidas em conjunto com o seu cliente, para que ele aja com o objectivo de alcançar os resultados pretendidos no prazo pré definido.

 

As sessões de coaching podem ser presenciais ou via skype.

 

​A duração de cada sessão é de uma hora.

 

Formato: 

Presencial, Skype e e-mail.

  

Para Quem?

 

Para todas as pessoas que pretendam obter ferramentas para conseguir lidar com as diversas situações do seu dia-a-dia.

 

Áreas do Coaching:

Personal Coaching

 Coaching Pessoal é um termo usado na área de trabalho como coach, em business (negocio), executiv (executivo), Life (vida), dating (relações), sportive (desportivo) e career (carreira).

 Coaching de vida

 Muitas pessoas procuram o coaching de vida quando desejam investir em si mesmas para conseguir usufruir de todo o seu potencial a fim de criarem uma vida plena onde se sintam preenchidos.

 Coaching Executivo

 É focado em executivos de topo, no desenvolvimento de performance profissional e de estratégias e para que este tipo de profissional interaja melhor com a sua equipa. Também trabalha a auto-liderança do executivo. O coaching executivo poderá também apoiar o executivo para a sua transição para um projecto ou nova organização, onde vai precisar de apoio para performance e desenvolvimento de capacidades e habilidades num novo ambiente.

Coaching de Negócios

 O coaching de negócios tem como foco a expansão e crescimento de negócios. O coach desta forma aqui necessita de ter as competências pessoais e profissionais na área organizacional, para além da formação em coach. O coach irá trabalhar pessoas chave e poderá também actuar com a equipa, para atingir os resultados do “negócio da empresa”.

Coaching de relacionamentos

 Coaching direccionado para prestar serviços a homens ou mulheres para o sucesso nas suas relações amorosas. O coach de relacionamentos guia os clientes a obterem sucesso num encontro, ou num jogo de atracção ou em relações a longo prazo. O Coach poderá ajudar a trabalhar outras variáveis relacionadas com a atracção.

 Coaching Desportivo

O coaching é orientado para trabalhar a performance do desportista. O coach motiva, auxilia e trabalha o desenvolvimento psíquico do atleta e do seu desempenho.

 Coaching de Carreira

 O coach apoia o coachee no seu plano de carreira e como chegar à meta de carreira que pretende.

 Coaching para casais

 O coach apoia o casal ou um dos elementos do casal para que a relação seja melhorada. O coach poderá trabalhar a relação para que ambos ultrapassem dificuldades, problemas relacionais e, serem felizes.

 Coaching de Equipa

 O coaching de equipa é focado no desenvolvimento da performance da equipa. O coach vai operar na equipa, através da observação dos elementos, trabalhando os pontos fortes e os pontos mais fracos, através de um plano de desenvolvimento e implementando as mudanças necessárias. Também o coach trabalha a equipa, agregando a responsabilidade individual de cada membro no atingir objectivos da equipa.

 Coaching sistémico

Tem como fundamento o trabalho da eficácia da convivência do sistema humano, o que inclui todos os sistemas em que o ser humano se move: casal, família, grupos sociais, comunidade e outros. O coach faz uma análise ao sistema e aos objectivos do sistema. O coach desenvolve os objectivos do Plano Sistémico para que os membros atinjam os objectivos sistémicos e individuais em congruência com o sistema. Também dissolve as transferências no sistema, como culpa e expectativas.

Coaching de Conflito

 O coaching e a gestão de conflitos. É um coaching focado nas relações interpessoais auxiliando a prevenir e gerir as guerras não resolvidas, aumentar as capacidades de gestão de conflitos, ajudar a preparar a mediação ou negociação entre outros. Este tipo de coaching pode ser usado nas empresas, nos casamentos ou outras relações e que existam conflitos entre pessoas.

Coaching Parental

O Coaching Parental é uma área do Coaching pessoal que tem por objectivo desenvolver, desafiar, apoiar e capacitar pessoas a atingir todo o seu potencial enquanto mãe, pai e /ou educador através de perguntas.

É uma abordagem pela positiva que inicia o trabalho a partir das qualidades dos pais. O trabalho de coaching parental é iniciado com a identificação de competências e recursos que cada pessoa tem, de forma a aumentar a confiança e consequentemente a auto-estima. 

Coaching escolar

 O coaching escolar é para todos os estudantes com dificuldades, com  falta de motivação, desorganizados ou com vontade de terem alguém que os ajude para atingirem os seus objectivos.

 

 

Sessões de Coaching (8).png

 

Mentoring é uma relação baseada na confiança. Ele oferece-te apoio, ferramentas objectivas e conselhos para facilitar o teu desenvolvimento pessoal.

 

Ter um mentor pode ser um dos relacionamentos mais poderosos do desenvolvimento de alguém podendo ser uma das razões para que te sintas bem e encontres o teu caminho.

 

Alguns Benefícios:

Conselho

Como mentora posso ajudar-te a tomar uma decisão ou a seguir um caminho de forma serena e imparcial. Por muito que amigos e familiares te queiram ajudar existem sempre muitas emoções associadas á vossa relação.

Perspectiva

Como mentora posso ajudar-te a olhares para a tua vida com outros olhos e outra vontade.

Melhorar as Competências

Ao trabalharmos a tua confiança e a tua auto-estima vais sentir-te mais apt@ e mais confiante a seres quem queres ser, fazer o que queres fazer e ter o que queres ter.

Desabafo

Viver parece tarefa simples e a verdade é que não é fácil. Teres alguém com quem possas partilhar, conversar, desabar e quem sabe chorar é meio caminho andado para que te sintas mais leve e pronto para outra.

Networking

Como mentora posso ligar-te a outros que estejam á tua procura ou de quem necessites. O mundo em rede é muito mais eficaz.

Métodos e Estratégias

Como mentora vou-te passar ferramentas que te ajudam a tornar o teu dia-a-dia mais leve, mais rentável e mais feliz.

Confiança

Sabendo que me tens como mentora dá-te a confiança para enfrentares situações de vidas difíceis. Esta confiança vai ajudar-te a defenderes os teus ideais e/ou a seres firme nas tuas decisões

Encorajamento

O encorajamento diário é o que te vai inspirar e motivar a seguires em frente com a certeza de que estás no teu caminho.

 Para mais informações:  martaleal@outlook.pt

 E agora qual é a desculpa que vais usar?