Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

A Formiga e a Pomba

Era uma vez uma formiga que foi até á beira do rio para beber água, aproximando-se demais desiquilibrou-se e caiu. Ao ser arrastada pela corrente do rio estava prestes a afogar-se.

 

Uma pomba que voava por ali arrancou uma folha de uma árvore e deixou-a cair perto da formiga. A formiga subiu para cima da folha e conseguiu chegar á margem do rio em segurança.

 

Passado uns tempos um caçador andava a caçar por ali e avistou a pomba numa árvore alheia a qualquer perigo. Pé ante pé foi-se aproximando o mais silenciosamente que podia.

 

A formiga, ao perceber a sua intenção, deu-lhe uma mordidela no pé. O caçador  assustou-se o que deu tempo para que a pomba tivesses oportunidade de voar para longe dali.

 

Autor desconhecido

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D