Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Cá Por Casa

Os vestidos e as camisas de verão voltaram a encolher. Acredito que seja do mau tempo que se tem vido a sentir na zona oeste até porque a neblina matinal tem sido uma constante. Existe quem insista a colocar a culpa sobre as bolas de berlim com leite condensado que eu gosto de comer. Eu, continuo a pensar que a responsabilidade é do tempo, sempre do tempo.

 

Há muitos anos que não tinha uma cor tão pálida e uma vontade tão grande fazer praia. Por aqui continua-se a investir em bases e afins. Se isto continuar pondero enviar as contas ao S. Pedro. Sim porque o seu a seu dono.

 

Por aqui desacelerámos um pouco mas continuamos a trabalhar oscilando entre o tempo que se dedica á família e aquele que se dedica á motivação. Os pintos regressaram todos ao ninho e mãe galinha parece um galo emproado. Por falar em filhos consta que a  filha do meio  treme sempre que é publicado  mais um cá por casa não vá eu escrever algum disparate. 

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo eu mesma.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D