Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Vivencias Sentidas

 
(imagem retirada da net)
 

Confuncio diz a certo momento "faz o trabalho que gostas e nunca terás de trabalhar um unico dia na tua vida". Eu, que gosto de colocar o meu cunho pessoal em tudo o que faço, acrescento que ao amor pelo que fazemos devem ser acrescentados divertimento e sorrisos.

 

Brincamos muito pouco e sorrimos muito menos. Já repararam na fisiologia de quem sorri e se diverte? Já repararam na forma solta como a criatividade cresce sempre que o ambiente é descontraido? Já repararam que o brincar e o sorrir dependem apenas de nós?

 

Hoje iniciei o dia a fazer o que mais gosto com sorrisos e de forma divertida. Importante permitir-me ser eu mesma na certeza e na vulnerabilidade.  Importante permitir-me ser eu mesma numa vontade acrescida de crescimento. O meu e o dos outros. Porque afinal a vida é feita de cumplicidades partilhadas, vivencias sentidas e caminhos que se cruzam.

 

Pinte-se aquilo que consideramos cinzento e viva-se uma vida colorida.

 

 

Marta Leal

 

 

5 comentários

Comentar post