Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Novelos

 
(imagem retirada da net)

Hoje fala-se de novelos. Fala-se de novelos mas daqueles que insistimos afirmar que temos na cabeça. Hoje fala-se daquilo que frequentemente dizemos quando sentimos que temos uma decisão para tomar. Questiona-mos e afirmamos que temos uma vida toda enrolada, que não sabemos por onde começar. Então ficamos ali algures entre a ponta que não se solta e o emaranhado de um novelo de lã que nada mais é que aquilo que  chamamos de vida.

 

Pegue-se então na agulha de tricot e viva-se. Transforme-se o emaranhado de um novelo em objectivos concretizados. Façam-se cachecóis que nos protejam do frio e gorros que nos aconcheguem as ideias. Vistam-se camisolas de lãs como vestimos bem-estar  e prazer. Depois, aconcheguem-se, aconcheguem-se muito nos pequenos prazeres de um olhar, de um avançar e de uma decisão tomada.

 

Um dia com sabor a decisões.

 

Marta Leal