Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Saborei-se a verdade de sermos como somos‏

 (imagem retirada da net)

 

Já pensaram como seria se nos saboreasse-mos diariamente? Haveriam dias em que íamos achar que estávamos uma refeição maravilhosa confeccionada segundo as receitas tradicionais. Por vezes arriscaríamos a colocar ingredientes novos que nos tornariam de sabor único entre tantos. Aposto  que outros dias íamos ficar furiosos por estarmos tipo pãozinho sem sal.  Íamos sorrir quando nos transformássemos num chocolate quente derretido por quem gostamos. Noutros dias éramos capazes de  nos  sentirmos como um semi-frio alternado com o gelado de dias menos bons.

 

Doces ou salgados, gourmet ou tradicionais, gelados ou quentes o fantástico é que somos refeições únicas naquela que é a ementa da vida.

 

 

Um dia com sabor a verdade temperada a gosto.