Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Guilty Pleasure

 

Hoje falo de futilidades até porque a vida minha vida é feita de pequenos prazeres que a fazem um todo que posso apelidar de feliz. Atenção que ser feliz para mim pode não ser o que é ser feliz para os outros. Por conseguinte hoje fala-se de guilty pleausures ou como gosto de lhes chamar "prazeres proibidos". Desenganem-se aqueles que pensam que vou revelar segredos sórdidos ou mesmo manias impensáveis. Por aqui vai-se falar apenas de dois prazeres que se fundem num bem estranho aos olhos dos outros e comum perante os meus.

 

Gosto de vaguear pelas lojas a provar roupa sabendo á partida que não vou comprar nada. Aliás nestes dias de "ronda" nunca compro nada. Gosto de experimentar coisas novas, estilos diferentes apenas pelo prazer de o fazer. Gosto de vestir novas personagens. Faço-o sozinha e acompanhada durante horas seguidas. Devo-vos dizer que acompanhada por quem nunca o fez é fantástico. Gosto de ver o olhar surpreendido de quem não percebe o porquê de o fazer.

 

O dois em um? Provar tudo o que tenha bolinhas. Adoro bolas. Se existem momentos que isso não é problema até porque é moda. Existem alturas em que quase ressaco por ter experimentar produtos com bolas. E então como resolvo o problema? Lá vou eu direitinha a lojas de roupa em 2ª mão, usada e reciclada. Sim! Porque o importante é que tenha bolas.

Revela-se portanto hoje um segredo que poucos conheciam e que todos estranham. Confundem-se as mentes enquanto este prazer me alimenta alma.