Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

O Nuno fala de desconfiança

"Sendo desconfiado de tudo o que ainda não experimentei, vi o coaching apenas como outro meio de auto-ajuda. Seria apenas mais uma ferramenta, que nos meus olhos de leigo em relação ao assunto, pouco ou nada ia contribuir para o meu crescimento pessoal.
A verdade é que se tornou algo bem maior do que o que eu estava a espera. A determinada altura dei por mim a esperar freneticamente por cada sessão.
A Marta é uma excelente profissional e, com o background que tem, consegue adaptar as sessões a cada um dos "pacientes". Não há duas pessoas iguais e senti que esse ponto foi dos mais valorizados durante as sessões.
Durante as sessões foram-me ensinadas ferramentas subtis que acabei por introduzir na minha vida, por vezes involuntariamente, que me permitem determinar "projectos pessoais" e checkpoints de evolução.
Algo que consigo crucial no coaching é a maneira como somos ensinados a lidar com o insucesso. Somos humanos, estamos longe da perfeição e por vezes as decisões que tomamos podem criar caminhos que nos levam ao insucesso de alguma das metas que criamos. Por sua vez isto pode criar sentimentos de impotência que nos levam a abandonar um projecto e a desperdiçar todo o caminho que fizemos até à data. Esta foi uma das maiores aprendizagens do coaching para mim: aprender a lidar com o insucesso e com a desilusão.
Em geral, foi uma experiência enriquecedora e acho que a única coisa que pode ser complicada é o processo de nos tornarmos independentes do coaching. Algo que é facilitado aplicando o que se aprendeu com a Marta." Nuno Lopes
 

 

 O Nuno atreveu-se e divertiu-se. E tu? estás á espera de quê?