Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

A insustentavel leveza do equilibrio

 

 

Engraçado como nos esquecemos de quem fomos, do que fizemos, do que dissemos, do que sofremos e do que sorrimos. Engraçada a forma como a maioria das pessoas se esquece dos erros que cometeu quando inicia o processo de julgamento ou de critica. Engraçada a forma como agimos de forma tão leve para resolver os problemas dos outros e de forma tão arrastada os nossos. Engraçada a forma como nos recusamos a parar antes de falar.

 

Equilibre-se quem somos. Avalie-se passado e presente. Projecte-se futuros possíveis e vivencias esperadas. Conhece-te. Conhece-te no teu mais profundo ser e aceita-te nas derrotas e nas vitórias. Dói eu sei que dói. Mas sabes que essa dor te vai transformar? Sabes que essa dor te vai dar aquilo que o mundo precisa? Sabes que depois de a sentires te tornas?

 

Só quando nos conhecemos a nós e nos aceitamos é que passamos a ter a capacidade de conhecermos outros e os aceitarmos. A isso chama-se equilíbrio entre quem és e a forma como tratas os outros.