Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Largar e deixar ir

 

 

Largar ou deixar ir normalmente envolve um pouco de perdão ou aceitação – seja contigo mesmo, com outra pessoa, uma situação ou mesmo algo desconhecido.

 

A aprendizagem e ironia é que independentemente do que seguras, está provavelmente a magoar-te ou a incomodar-te muito mais do que a outra pessoa qualquer. Estas coisas que nós “seguramos” com rancor, raiva e dor perseguem a nossa mente e impedem-nos de ser o melhor que podemos ser.

 

Deixar ir ou largar algo não quer dizer que perdoamos uma situação ou um comportamento, mas sim que iluminamos o nosso caminho. E quando deixamos seja o que for que nos está a incomodar para trás,  libertamo-nos e recuperamos energia que perdíamos a pensar no assunto.

 

Não necessitas de saber como largar algo, simplesmente tens que estar disposto a tal. Não podes alterar o passado, mas podes aprender com ele e mudar o que sentes seguindo em frente.

 

E lembra-te, seja o que for que aches difícil de deixar para trás é provavelmente aquilo que mais necessitas de largar!

INSTRUÇÕES: Enquanto tu podes não desejar fazer algo relativamente a isto de momento, fazer uma lista do que necessitas de largar vai chamar a tua atenção e vais naturalmente começar a largar as coisas que necessitas de deixar para trás. Portanto, escreve na lista abaixo o que estás a guardar para ti mesmo, o que te desacelera, o que te irrita e qualquer coisa que seja obstáculo para o teu caminho até à melhor pessoa que podes ser.