Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Cá por casa

Cá por casa regressámos de férias e devo confessar que contrariada, muito contrariada. Nada iguala a sensação de liberdade onde nos permitimos estar e ser sem qualquer condicionante.  Sorrio enquanto escrevo porque o que é um facto é que o trabalho preenche-me e realiza-me. Apesar de  não me ver sem fazer nada mais uns diazitos e tinha sido perfeito. 

 

Com o regresso vêm muitas novidades, muitas despedidas e muitas decisões focadas nos objectivos definidos no inicio do ano.   Avaliei e redireccionei e  aqui estou eu pronta para a acção, muita acção 

 

Uma das maiores novidades é um penteado novo baseado nas palavras "corte apenas as pontas" não quero nem pensar no que teria saído se eu dissesse "faça o que entender". Responsabilidade minha que como Coach que sou devia saber que o que dizemos nem sempre é o que o outro percebe.  

 

Cá por casa o filho mais novo mantém-se por aqui, a filha do meio anda na apanha da pêra e a mais nova tem girado tanto que até me deixa tonta. A última festa de pijama deu origem a uma cama partida e uma tarde de montagem e muita criatividade por parte da mãe. Temos cama montada com musica à mistura sempre que a filha se mexe a cama range.  A minha incapacidade para lidar com certos serviços começa a supreender-me, estive cerca de 3 horas para cancelar 2 serviços de telemóvel, é impressão minha ou o cancelamento de serviços demora muito mais do que a activação dos mesmos?

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo eu mesma.