Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Palavras

“Há três coisas que jamais voltam: a flecha lançada, a palavra dita e a oportunidade perdida.”

 

Sabes que a forma como falas contigo influencia a forma como a tua vida é gerida e os resultados que obténs? Tens estado atento ao discurso que usas contigo e com os outros? Sabes que te podes estar a sabotar inconscientemente?

 

Hoje deixo-te uma lista de palavras que te podem estar a limitar ou a possibilitar. Sugiro que as analises e reflictas sobre as que tens usado e os resultados que tens obtido, se encontrares outras acrescenta e percebe o que podes fazer de diferente.

 

 

As que te limitam:

 

Nunca

 

Difícil

 

Impossível

 

Nem pensar

 

Talvez

 

Medo

 

Não sei

 

Não consigo

 

Todo me acontece

 

Não tenho sorte

 

Vou tentar

 

Mas

 

As que te ajudam:

 

Agora

 

Desafiante

 

 

Possível

 

Acredito

 

Vou

 

Confiança

 

Sou capaz

 

E

 

Estou grata

 

Vou-me preparar melhor

 

 

E então o que vais fazer de diferente? Preparad@ para mudares a forma como falas?

 

A escola dos animais

Há muito muito tempo os animais decidiram fazer algo de diferente para resolverem os problemas do mundo.

 

Criaram uma escola onde as disciplinas obrigatórias eram a corrida, o alpinismo, a natação e o voo. Todos os animais deveriam frequentar todas as disciplinas.

 

O pato era excelente em natação, na verdade era bem melhor que o próprio professor. No entanto, teve apenas suficiente a voo e muito fraco na corrida. Como era lento na corrida teve de treinar depois das aulas e também teve de “desistir” da natação para praticar a corrida. Com isto tudo as patas ficaram gravemente feridas e os resultados a natação baixaram significativamente. Mas como suficiente era o que bastava ninguém se preocupou com o facto,  a não ser o próprio pato.

 

O coelho começou como o melhor da turma a corrida mas acabou por ter um colapso nervoso por causa dos treinos de natação.

 

O esquilo era excelente a alpinismo ate ficar frustrado com as notas das aulas de voo. Acabou por tirar suficiente a alpinismo e mau a corrida.

 

A águia era uma criança deveras problemática e foi severamente castigada Na aula de alpinismo venceu todos os outros mas insistiu em utilizar o seu próprio caminho para lá chegar.

 

No final do ano a enguia foi a que obteve a melhor média da turma uma vez que sabia nadar extremamente bem, além de correr, escalar e voar razoavelmente.

 

As marmotas foram expulsas da escola quando protestaram contras as mensalidades uma vez que a a Direcção não quis incluir escavação e construção de tocas como disciplinas obrigatórias.  Matricularam os seus filhos como aprendizes de um texugo e mais tarde juntaram-se aos porcos e a outros animais para fundarem uma bem-afamada escola particular.

George H. Reavis
Canja de galinha para a alma
Jack Canfield e Mark Victor Hansen - Ediouro

Grupos de Influência

Já alguma vez reflectiste sobre o teu grupo de influência? Já pensaste que quem te rodeia te influencia diariamente? Já pensaste que quem está ao teu lado te pode possibilitar ou limitar nas escolhas?

 

Achamos sempre que somos os únicos responsáveis pelas escolhas que fazemos. Achamos que tudo o que fazemos é de acordo com as nossas necessidades, com os nossos desejos, com os nossos medos, com os nossos sonhos e com aquilo que pretendemos para a vida. No entanto, existem outras pessoas no processo que por vezes desempenham um papel muito superior àquele que pensamos.

 

Como seres sociais que somos não nos podemos esquecer que estamos rodeados de outros seres iguais a nós. Vivemos, trabalhamos, crescemos e convivemos diariamente com o mais variado numero e tipo de pessoas. Sem nos apercebermos essas pessoas vão moldar o nosso comportamento individual, influenciar a nossa tomada de decisões ou seja vão ser as nossas fontes de valores e princípios.

 

Os grupos de influência são aquelas pessoas ou grupos nos quais procuramos aprovação e orientação para a forma como gerimos o nosso dia-a-dia e a nossa vida. Para alguns são a família, para outros, ídolos, mestres, celebridades e até pessoas comuns.

 

Estes grupos podem exercer os mais variados tipos de influência:

 

  • Informação: acontece quando procuramos e aceitamos conselhos das pessoas que têm mais conhecimento sobre determinada matéria. Se quisermos escrever um livro podemos recorrer, por exemplo, a quem já o tenha feito.
  • Normativa: acontece quando nos desejamos adequar às expectativas de determinadas pessoas e reconhecemos nessas pessoas a capacidade de aprovar e/ou recompensar determinado comportamento.
  • Identificação: acontece quando fazemos escolhas que visam a identificação com determinado grupo ou alguém.

De todos os grupos de influência o mais influente sobre o nosso comportamento é geralmente a família, já que é nela que aprendemos regras, valores, e princípios. Para além deste grupo podes escolher aqueles que que queres ao teu lado para conseguires atingir os teus objectivos.

 

E tu já escolheste quem queres ao teu lado?

Pág. 3/3