Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Fale-se de Preguiça

 (Imagem retirada da net)

 

Devo confessar que gosto de preguiça. Gosto de preguiça momentânea daquela que nos faz ficar momentaneamente no estado semi acordado. Gosto da preguiça que me permite estar, pensar e  planear. Depois abandono a preguiça e agarro a a acção. Fantástica a sensação de tarefa cumprida e tarefa concretizada.  Tal e qual quando nos entregamos ao amor num frenesim total e, finalmente, descansamos preguiçando na ausencia a existencia do momento.

 

Gosto. Gosto dos dias em que se cumprem tarefas que me fazem avançar.

 

Um dia com sabor a acção, muita acção.

 

Marta Leal