Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Fale-se de infância

 (imagem retirada da net)

 

Quando recuo no tempo sei que tive sorte em ter infância que tive, em partilhar momentos únicos com pessoas únicas, em ter-me sido ensinado o valor da família e sobretudo o valor de nós próprios. Ao recuar no tempo recordo tradições, recordo histórias que achava que nada significam e que retive até hoje, recordo lengalengas e canções muitas canções.

 

Ao recuar no tempo recordo os inúmeros animais de estimação que consegui levar para casa, recordo quedas com maiores ou menores consequências, recordo brincadeiras em castelos de verdade onde umas vezes era uma princesa e outras não sei bem o quê.

 

Fantástico quando as memorias nos fazem apenas sorrir mesmo que por vezes os sorrisos sejam saudosos.

 

Um dia com sabor a infância.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.