Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Sonhos

(Imagem retirada da net)

Colem-se os sonhos aos medos. Agrafem-se as vontades á inércia. Preguem-se os desejos à preguiça de os realizar. Pinte-se a tela da realização com acção. Sejamos os actores da nossa própria historia, faça-se um casting dos que queremos connosco e  escolham-se detalhadamente todos os cenários. Deitem-se fora os argumentos dos outros e siga-se um guião escrito por nós. Depois, sorria-se com a certeza que somos aquilo que um dia sonhamos que seriamos. 

 

Hoje desejo-vos um dia com sabor a sonhos,

 

Marta Leal

2 comentários

Comentar post