Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Fale-se de amor

Fale-se de amor e questione-se o porquê de movermos montanhas pelos outros e nos esquecermos de nós. Fale-se de amor e questione-se o porquê de lutarmos com unhas e dentes pelos filhos, pelos que nos são tão próximos e nos esquecermos de nós mesmos. Fale-se do amor aos outros e das vezes que nos esquecemos do amor a nós.

 

Coloque-se, por momentos, valores e crenças de lado e pense-se sobre aquilo que deve ser pensado. Hoje pensa num "eu" que muitas vezes tem tendência a confundir-se e mesmo fundir-se  num "nós" e nos "outros".  Hoje fala-se de amor e pergunta-se: Quando foi a ultima vez que pensaste em ti?

 

EU? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo eu mesma.

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.