Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

A 31 de Dezembro

A 31 de Dezembro é usual fazermos balanços e definirmos estratégias para o ano seguinte Tomamos decisões. Os “nunca mais” misturam-se com o “ a partir de agora””. Os “tenho de”  e os “agora é que é” fazem parte da lista elaborada que alguns fazem mentalmente, e os que se atrevem a ir mais longe, escrevem.

 

 Esquecemo-nos, frequentemente, da estratégia, da vontade e da perseverança que devemos ter para que tudo o que definimos seja alcançado. Ficamo-nos pelos desejos. Ficamo-nos pela preguiça. Ficamos pela desculpa e adiamos. Adiamos tanto que nos esquecemos que um dia desejámos aquilo que acreditámos que tornaria a nossa vida melhor.

 

Avançamos no sonho e esquecemo-nos de concretizar.

 

Os meus objectivos? Continuar a  sorrir com vontade, abraçar cada vez mais e continuar assim, de coração cheio.

 

 

Marta Leal