Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

A Joana fala de curiosidade

 

 

Era uma vez uma menina que aceitou o desafio do coaching por mera curiosidade. Tinham-lhe dito que era uma excelente maneira de, com a ajuda necessária, arranjar estratégias para alcançar certos objetivos na vida. Então porque não experimentar?

Ao fim de apenas dez sessões, e muitas reviravoltas na sua pequenina vida, essa menina descobriu que cresceu muito, e que agora é uma mulher cheia de garra e força para enfrentar os seus medos e os obstáculos que por vezes querem chatear. Essa menina foi também descobrindo que aquelas sessões a ajudaram a tomar muitas decisões importantes e que aconteceram coisas fantásticas como consequência disso.

Mas mais importante de tudo, essa menina ganhou uma amiga muito especial, porque Marta, é isso que tu és. Nunca considerei que estivesse a ser, de alguma forma, avaliada ou questionada. Para mim o coaching foi como uma conversa descontraída, na qual se partilham experiências, ri-se, chora-se e faz-se um trabalho interno muito profundo e quase de forma inconsciente.

Martinha, estás a fazer um trabalho maravilhoso e dou-te toda a força para continuares. Devo-te muito. Obrigada por tudo, de coração!

Beijinho Doce,

 

Joana Sousa

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.