Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Cá por casa

 

Cá por casa chega ao verão e as rotinas alteram-se. Entre praia, actividades e novas experiências os filhos saltitam enquanto a mãe se ajusta. A maternidade trouxe-me emoções que serão impossíveis de descrever por palavras, o amadurecimento trouxe-me a certeza de que ser mãe vai muito além do cuidar, desafiar e ensinar. Para mim ser mãe é sobretudo aceitar. Aceitar que os filhos são, querem e têm sonhos e vontades próprias. Ser mãe é aceitar que mais importante que excelentes notas são os valores, os princípios e a felicidade deles. Para mim ser mãe é permitir que sonhem, que avancem, que caiam e que se aprendam a levantar. Porque eu aceito e acredito que os filhos não são nossos, são deles próprios.

 

Hoje falo de futebol até porque aqui estou à vontade. Gosto de futebol, gosto de ver um bom jogo e gosto do ambiente de estádio. À hora do jogo Brasil/Alemanha estava a trabalhar e só me liguei ao mundo já o jogo tinha acabado. O resultado não me espantou até porque o futebol é um jogo onde uns perdem e outros ganham. Como um jogo que é em cada inicio existe sempre 50% de probabilidades de ambas as equipas ganharem.

 

O que me espanta? as reacções posteriores. O transformar heróis em bestas num segundo, a revolta de um povo que por um resultado futebolístico rouba, estraga e incendeia a bandeira que beijava antes do jogo começar. O que me espanta? que se continue a investir milhões num desporto quando existem pessoas a morrer á fome, que o mundo se desequilibre desta forma apenas porque outros valores se levantam.

 

O que me continua a espantar? a maldade gratuita, o deboche maldoso e o elaborar de teorias de conspiração contra aqueles que são diferentes, O que me continua a espantar? Numa altura onde se esperaria que vivêssemos um universalismo temos casa vez mais pequenos mundos xenófobos, racistas e homofóbicos. Como é que eu posso explicar isto de uma forma que o pessoal entenda? Malta, o planeta está por um fio e vocês estão preocupados com a cor do vizinho?

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo eu mesma.

 

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.