Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

O que é que tenho de largar?

 

Dois monges budistas voltam do mosteiro depois de chover. Eles chegam a um rio cheio de água e em frente deles está uma senhora extremamente bonita com um quimono de seda delicado, angustiada porque ela não é capaz de atravessar o rio sozinha. Então, o monge mais velho pegou nela, carregou-a de forma segura até ao outro lado do rio e os dois monges continuaram o seu caminho em silêncio. Cinco horas depois, ao chegarem ao seu destino, o monge mais novo, literalmente fumegante, explode: “Como pudeste? Tocaste numa mulher! Tu sabes que não nos é permitido isso!” O monge mais velho responde: “Eu larguei-a à 5 horas atrás, mas tu ainda estás com ela atrás”.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.