Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Cá por casa

Cá por casa costumo  dizer aos meus queridos clientes que devem anotar todas as ideias que têm, que devem aproveitar tudo o que lhes passe pela cabeça e registar. "Um dia vai-vos fazer falta e poder-vos-á fazer sentido". Digo e acredito mesmo até porque eu costumo praticar aquilo que falo. O único senão é que a minha tempestade de ideias surge quase sempre no momento do banho e passado alguns minutos é natural que me esqueça. A ultima decisão tomada é levar caderninho para a casa de banho.

 

Por falar em estratégias ando a ponderar começar a ser eu a cozinhar. Afinal de contas se não tenho jeitinho nenhum para a coisa pode ser que coma menos e os efeitos nefastos não se façam sentir. Percebam que não tem a ver comigo tem a ver com o desperdidico de roupa, apenas com o desperdicio de roupa.

 

Cá por casa na volta não vos deveria contar estas coisas porque afinal de contas deveria ser  um exemplo da perfeição porque coach que é coach não deve falhar.Se calhar podia fazer diferente mas se o fizesse não seria a mesma coisa.

 

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher e sobretudo eu mesma.

 

 

Noticias em forma de Post

Hoje dia 22 de Outubro o mundo gira e lá por fora o papa continua a encantar, nos Estados Unidos os republicanos cedem no limite da divida, o governo Angolano corta parceria estratégica com Portugal, na China um casal vende uma filha para comprar um iphone e Berlusconi prefere serviço comunitário.

 

Cá por dentro  Diogo Infante casa-se com o seu agente, o governo obriga desempregados a devolver dinheiro de subsídios, Sócrates explica a sua fortuna com herança da mãe e como se isso não bastasse ameaça regressar á vida política, o meu Sporting goleou e a Selecção Nacional vai discutir a participação no Brasil no play-off. Sete cidadãos do movimento "Obrigado Troika!", organizam, em Lisboa, uma manifestação de apoio ao FMI. Já estou como o outro, ele há cada maluco!

 

Cá por casa cheguei á conclusão que somos uma família constituída por um núcleo duro e pelos restantes elementos. O núcleo duro são as mulheres os restantes elementos são os homens. Sem se pretender qualquer guerra de sexos cá por casa percebemos que revertemos as tarefas e invertemos as regras. As filhas receberam o diploma de mérito e a mãe babou. O filho decidiu-se por um fim-de-semana na capital e a mãe por um fim-de-semana de trabalho. Cá por casa as próximas novidades já foram contadas ao núcleo duro e aos restantes elementos da família. Ficam por contar aos que me lêem até porque o segredo é alma do negócio. Baralha-se o tempo e baralha-se-me o guarda-roupa, saio de casa com botas com dias de sol e com sapatos abertos em dias de chuva vale-me a descontracção e o encolher de ombros que em caracteriza me situações mais ou menos embaraçosas.

Eu? Continuo assim muito mãe, muito mulher mas sobretudo eu mesma.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2014
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2013
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2012
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2011
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2010
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D