Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Permitam-se

(Imagem retirada da net)

 

Permitam-se sair á rua com o vosso melhor sorriso. Ofereçam-no a quem o quiser receber e reparem nas reacções. Ouçam aqueles que necessitam de falar e espantem-se com historias de vida. Aprenda-se com quem nos cruzamos. Partilhe-se conhecimento como se partilha o ar que respiramos e tenha-se a consciencia que nos fundo queremos todos o mesmo: ser felizes.

 

Um dia com sabor a felicidade, muita felicidade.

 

 

Marta Leal

Partilhe-se

Existem os momentos em que se partilham  palavras transformadas em vivencias ou vivencias reduzidas a palavras. Existem momentos em que se partilham olhares que se perdem em perspectivas únicas. Existem momentos em que se partilham sabores e odores  unicos na partilha e nos sentires. Saciam-se pensamentos, saciam-se momentos.

 

Depois, existem os momentos  em que se partilham os toques e as vontades, os beijos e os sentires misturados em desejos unicos de uma partilha de vontades, numa partilha de sentires, numa partilha de corpos por saciar. Mais que se saciar corpos saciam-se desejos e partilham-se vontades.

 

Partilhe-se momentos unicos, sacie-se vontades sentidas mas sempre com muitos sorrisos, sempre com muita vontade.

 

Um sorriso com sabor a partilha

 

Marta Leal

 

Fala-se

Fala-se diariamente de tudo e mais alguma coisa. Uns falam mais outros menos. Sempre assim foi e acredito que sempre assim será. Fala-se muito mas acredito que se partilhe pouco. Fala-se de medos, de desgraças, de terrores e de desamores. Fala-se de um mundo em desgraça, criticam-se escolhas políticas, teme-se muito e teme-se cada vez mais.

 

Acredito que se fale sem se partilhar. Partilham-se muito poucos sentimentos, sonhos e vontades. Partilha-se muito pouco aquilo que sabemos ser. Falha-se na partilha e automaticamente falha-se na cumplicidade.

 

Pessoalmente gosto de uma partilha que se torna cúmplice nos sonhos e nas vontades. Pessoalmente gosto de cumplicidades que nos fazem sorrir e sonhar.

 

Marta Leal

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2014
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2013
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2012
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2011
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2010
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D