Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Pesos

(imagem retirada da net)

 

Vivemos demasiado presos ao que nos incomoda. Vivemos demasiado preocupados com os que acreditamos nos querem mal. Vivemos demasiado ansiosos pelo que vai acontecer. Crescem iras, raivas, odios até de estimação. Crescem medos, dores, desamores e convencemo-nos de que somos infelizes. Convencemo-nos até de que a vida é dura, de que o mundo se vira contra nós e que a vida é dificil.

 

Focamo-nos muito pouco no que temos, no que conquistámos. No que somos, nas batalhas que travamos, no que crescemos como pessoas, no que avançámos enquanto seres humanos. Focamo-nos muito pouco no presente, no sol, na cor, nos sorrisos, no que conquistamos diariamente. Focamo-nos muito pouco em aceitarmo-nos como somos, em gostar de nós como somos.

 

Aproveite-se os sorrisos, as palavras, o sol, a chuva, os que se cruzam connosco e que tenham um dia com sabor a gostar,  a aceitar e a felicidade apenas por sermos quem decidimos ser.

 

 

Marta Leal

Mais sobre mim

foto do autor

Posts recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

    Arquivo

    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2014
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2013
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2012
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2011
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2010
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D