Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Irreverências No Feminino

By Marta Leal

Vestida para o Sucesso

Por vezes avançar na escrita significa avançar no tempo. Sinto o sorriso a crescer e tenho consciência que fui uma criança feliz. Cresci ao ritmo que me pediram ou ao ritmo que achei por bem. Achamos sempre que queremos ser grandes para isto ou para aquilo.

 

Cresci de tal forma rápido que não me lembro de ter tempo para sonhar. Pelo menos sonhar o que era meu. Hoje nego-me a largar a minha infância. Hoje nego-me a deixar de ser criança. Perdi algures a noção de quem era para ser o que a sociedade me exigia que fosse. Perdi algures a noção do que queria para querer o que a idade me exigia.

 

Com os quarenta, o padrão alterou-se e a vontade também. Por aqui assumo a irreverência dos 45 anos sem preconceitos e independentemente dos contextos. Saltito do prático para o mais sofisticado tendo em conta que nesta idade há coisas que se perderam algures no tempo. E sim, caras leitoras, refiro-me à firmeza, à gordura e às rugas que insistem em lembrar-me de todas as risadas que dei ao longo da vida.

 

Gosto. Gosto de olhar para o espelho e sentir-me bem comigo mesma. Os outros? Os outros são apenas pessoas com opiniões que podem ou não coincidir com a minha . E, porque é de diversidade que o mundo precisa, hoje centro-me no meu lado mais business e escolho uma roupa que me vista para o sucesso.

 

   

               

 

 

                                                       http://www.laredoute.pt/magazinedetendencias/index.php/vestida-para-o-sucesso/

2 comentários

Comentar post